TECNOLOGIA INCOMPARÁVEL

Solução inovadora de eficiência energética para o setor cerâmico.

A tecnologia do forno CLEAN possibilita o reaproveitamento de mais de 90% do calor gerado no forno e direcionado pelo exaustor para a secagem das peças. Na maioria das fábricas, dispensa o uso de fornalhas dos secadores.

As fornalhas eficientes desenvolvidas pela CLEAN reduzem o consumo de biomassa e por meio do controle eletrônico evitam desperdício de combustível.

O revestimento com manta isolante de alta tecnologia das fornalhas e do forno reduz a dispersão térmica e garante a durabilidade da estrutura do forno no longo prazo.

“A redução dos crivos à cerca de 1% da área da base do forno, se comparado com fornos comuns, sem efetiva estrutura subterrânea,  aumenta a velocidade de aquecimento e resfriamento do forno, gerando economia de combustível.

A programação CLEAN do Controle Lógico Programável comanda os inversores do sistema de exaustão e permite o equilíbrio de temperatura durante as fases de pré-aquecimento, queima e resfriamento, além de otimizar as rampas de queima.

Tecnologia patenteada

A tecnologia do forno CLEAN e foi desenvolvida por uma equipe de especialistas no setor cerâmico.

A tecnologia inovadora do forno CLEAN possui patentes nacionais e internacionais.

Todo o sistema de queima e os seus componentes são protegidos por patentes, desde a fase de planejamento e desenvolvimento.

Otimização de layout e processos produtivos

A tecnologia do forno CLEAN permite a reorganização do layout da fábrica e a melhoria dos processos produtivos em todas as fases de trabalho.

Com o forno móvel, o processo de carga e descarga dos blocos e telhas se torna mais eficiente, reduzindo o manuseio e a possibilidade de quebras tanto do produto verde quanto do queimado, aumentando a rentabilidade da indústria.

A ausência de crivos, dutos subterrâneos e chaminés, permite a instalação do forno em curto prazo e com baixos custos de infraestrutura.

Com o CLEAN, o ceramista pode substituir vários fornos de baixa produtividade, ganhando inclusive mais espaço físico e melhor circulação dentro dos galpões.

Automação e controle remoto

Com o CLEAN®, a indústria cerâmica passa a fazer parte da revolução das fábricas 4.0.

Muito mais tecnologia para os ceramistas resultando em uma queima eficaz, uniforme e de alta qualidade.

O software exclusivo de controle de segurança possibilita monitoramento constante e reduz as possibilidades de acidentes, perdas e desperdícios.

O forno CLEAN® possui um Controle Lógico Programável que compila os dados de queima e os disponibiliza na nuvem, para consulta remota pelo ceramista * (* opção GREEN).

O ceramista acompanha em tempo real, localmente ou remotamente, as operações e os ciclos de queima.

A combinação do uso de biomassa com filtro de gases e redução de emissões de GEEs faz do CLEAN® o forno mais sustentável do mercado, com tecnologia amigável ao clima e ao meio ambiente.

ECONOMIA e benefícios

Rápido retorno sobre o investimento
Consulte nossa equipe e comprove que o investimento feito será compensado em curto período de tempo.

Menor Consumo de Combustível
Baixo consumo de combustível (biomassa) e tempo de queima reduzido que geram em média de 30% até 70 % de economia para o ceramista em comparação com fornos móveis menos eficientes e outros fornos tradicionais.

Racionalização e requalificação da mão de obra
O empregador reduz custos e o funcionário ganha mais qualidade de vida.
Ao invés de trabalhar dentro de fornos quentes, os funcionários serão requalificados para lidar com o gerenciamento das funcionalidades automáticas do forno, movimentação de empilhadeiras, etc.

Mais Produção
O índice de perdas do forno CLEAN é praticamente zero.
O processo de queima uniforme e homogênea garante maior eficiência, evitando quase integralmente as perdas na produção e tijolos de segunda linha.

Rentabilidade ampliada
Ao mesmo tempo em que beneficia a produção de tijolos convencionais com uma queima de alta qualidade, o forno CLEAN, por meio da gestão eletrônica, também reduz os custos totais de produção de blocos estruturais, aumentando consideravelmente as margens de lucro da indústria. E mais: pode ficar tranquilo que os blocos estruturais atendem às exigências das construtoras e as normas da ABNT.